sábado, 17 de março de 2012

Silvio Santos em Várias Profissões - Parte 1

video

Este é o primeiro programa de uma série de profissões que o Silvio Santos poderia ter feito caso não tivesse o sucesso que conheçemos. Vejam como seria ele como Operador de Telemarketing, Flanelinha, Advogado e Médico.

Eu prometo que os próximos vídeos serão melhores, tanto na parte da edição quanto do roteito, visto que este foi totalmente improvisado, literalmente. Vejo este arquivo como uma versão "beta" para ver se faz sucesso!

Não deixem de comentar e compartilhar!

Abraço para todos!

sábado, 14 de janeiro de 2012

Silvio Santos no seu GPS

Download da voz do Silvio Santos em seu GPS

Pessoal,

esta publicação na verdade é para divulgar minha criação. O Silvio Santos dando instrução em seu GPS. Este arquivo é totalmente compatível com os GPS da marca Orbiter, porém pode ser que funcione em outras marcas também. Utilizo o sistema orbiter way.
Baixe o arquivo compactado no link abaixo, descompacte o mesmo e copie para dentro da pasta Sound de seu GPS, onde terá várias pastas de diversas línguas. Quando fizer isso você estará criando a "língua" Silvio-Santos. Após copiar para seu GPS, ligue o mesmo e mude em sua configuração a voz de portugues-brasil para Silvio-santos. Pronto! Agora quem te diz o que fazer é o Silvio Santos by Rafael Pinheiro.

Escolha um dos servidores para baixar:

Abaixo amostra de como ficou o GPS:




Em breve postarei um vídeo no youtube com o GPS em funcionamento.

Caso seu gps seja com outra plataforma, me envie os arquivos para que eu possa ver a possibilidade da criação deste modo para o mesmo.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Para ISO 9001

Essa peça teatral eu escrevi e registrei 10 anos atrás. Nunca foi montada por falta de oportunidade. Estou postando grande parte da mesma... espero que gostem!

Para ISO 9001
Escrito por Rafael Pinheiro
Deus está parado no centro, com ele estão Miguel, Rafael, Gabriel, Daniel.
Deus: Anjos do céu, convoquei tal reunião por um nobre causa.
Rafael: Qual senhor?
Deus: Irei criar um mundo Rafael.
Gabriel: Deus, meu Deus, meu grande Deus, senhor do céu, que mundo seria esse?
Deus: Será a Terra, um planeta onde irei criar seres a minha semelhança e darei para eles...
Lúcifer entra em cena correndo e parando em um lugar
Deus: ...O livre-arbítrio.
Lúcifer: Livre o que?
Deus: Atrasado de novo Lúcifer?
Lúcifer: É Deus, peguei o maior engarrafamento para vir para cá, parece que estava tendo uma procissão e ...
Deus: Está bem Lúcifer, vamos voltar à reunião.
Lúcifer: Era exatamente isso que eu ia falar Deus, eu criei seres maneiríssimos para o novo mundo, olhe!
Deus: Muito bonitos Lúcifer, mas eles são todos a sua cara.
Lúcifer: Por isso mesmo, eu imaginei...
Deus: Basta! Eu já pensei nisso.
Lúcifer: Está bom Deus, eu sei que apelei, mas olhe esses aqui, eu me inspirei observando os nabos.
Miguel: Nabos?
Rafael: Tiro o olho Miguel.
Deus: Nabos?
Lúcifer: É, nabos. Imaginem que mundo seria!
Deus: Não gostei! Um mundo com criaturas com caras de nabo, não! Estava pensando em fazê-los a minha imagem e semelhança.
Lúcifer começa a rir
Lúcifer: Reclama dos meu nabos e vai fazê-los com cara de repolho.
Rafael: Te sacaneou em Deus! Cara de repolho é sacanagem.
Lúcifer: Mas convenhamos Senhor, se ainda fosse com cara de virgens, moças virgens de preferência, seria muito melhor.
Deus: Saia daqui Lúcifer!
Lúcifer: Mas Deus...
Deus: Saia já!
Lúcifer: Mas eu estava brincando.
Deus: Eu sei, mas repolho?
Lúcifer: Eu ia falar bosta, mas me segurei.
Deus: Mas pegou pesado, Saia agora D-A-Q-U-I!!!
Lúcifer: Cain, cain cain, cain!
Lúcifer sai de cena
Deus: Continuando...
Gabriel: Quer um cafezinho, Deus, meu Deus, todo poderoso, meu Pai, meu Salvador, meu amor...
Deus: Não Gabriel, muito Obrigado.
Gabriel: Deus, meu Pai, eu te amo, e você sabe disso, qualquer coisa é só pedir meu Pai, meu salvador, meu criador. Sou seu servo...
Rafael: Deus, se eu fosse você expulsava Lúcifer aqui do Paraíso e mandava ele para o pior lugar do mundo.
Miguel: Afinal chamar o próprio Pai de repolho...
Gabriel: Muito pesado meu Pai, meu senhor, meu salvador, salve, salve, Osana nas alturas, meu amor, meu Rei...
Daniel: Um anjo decente jamais ofenderia um pai.
Deus: É isso que farei, mandarei Lúcifer para a Terra, e lá ficará até me provar que ele estava certo.
Rafael: Provar que você tem cara de repolho?
Deus: Não, provar que as pessoas a minha imagem e semelhança não serão boas.
BO
Música de passagem de tempo misturado com guerras e notícias de jornais com mortes, acidentes, como o WTC, noticias de que o culpado de tudo é o Lúcifer.
Abre a cena com foco em Lúcifer, ele está com raiva por ficarem falando seu nome em vão.
Lúcifer: Tudo culpa minha. Mortes, fui eu, roubos, fui eu, tragédias, fui eu, fala sério ae!
Lúcifer se levanta e fica impaciente
Lúcifer: Agora eu entendo o mandamento que meu Deus fez para não falarem seu nome em vão, é uma merda, se seu nome cai nas mãos da imprensa, um abraço...
Lúcifer: Mas isso não vai ficar assim não, meu nome está sendo alvo de calúnias sem o menor fundamento. Depois de mais de 5.000 anos longe do céu, tenho que fazer algo para voltar a trabalhar com Deus, essa vida ociosa me cansa.
Lúcifer: Rex! Rex!
Entra em cena Rex, um ser meio macaco que Lúcifer adotou para se divertir um pouquinho.
Rex: Me chamou meu pai?
Lúcifer: Não sou seu pai coisa nenhuma, seu pai é Deus, eu apenas te adotei, afinal um ser como você jamais iria sobreviver na Terra.
Rex: Obrigado meu pai, se não fosse você os homens estariam me machucando.
Lúcifer: Esqueça o que te aconteceu em Varginha, não fique assim. Eu tenho um serviço para você.
Rex: Quantos dedos você quer?
Lúcifer: É bem... não é isso, eu queria que você entregasse uma carta para Deus.
Rex: Mas Deus não pode me ver assim, eu não saberia falar com ele.
Lúcifer: Não seja por isso, você irá como anjo.
Lúcifer estala os dedos e Rex se transforma em um anjo.
Lúcifer: Você irá até Deus e entregará essa carta para ele, diga que quero voltar para seu reino.
Rex: Pode deixar meu amo, irei com todo prazer.
Rex vai saindo e Lúcifer interrompe
Lúcifer: Rex!
Rex: Sim.
Lúcifer: Vai pela sombra.
Rex: Pode deixar Lúcifer, eu tomarei cuidado.
BO
Cena volta para o céu, Deus está sentado numa cadeira confortável junto de Rafael, quando chega Rex com uma carta na mão.
Rex: Tenho uma carta a ser entregue para Deus.
Rafael: Aí chefia, chegou uma carta para você.
Deus: Eu sei Rafael, mas porque não mandou um email?
Rex: Porque não sou bom com frações, está aqui a carta, e inteira.
Deus: E quem mandou tal carta?
Rex: Foi Lúcifer.
Deus tem espasmos ao ouvir o nome Lúcifer.
Deus: Não fale esse nome aqui!
Rafael: Qual meu Pai, Lúcifer?
Deus sofre mais espasmos
Deus: Esse mesmo, e o que “você sabe quem” escreveu na carta?
Rex: Ele disse que se arrepende muito mesmo e que você não tem cara de repolho coisa nenhuma, e pede com clemência para retornar aos céus.
Deus: E o que você acha disso Rafael?
Rafael: Não sei não Deus, você acha que uma pessoa iria melhorar em apenas 6000 anos?
Deus: Não sei, tenho minhas dúvidas...
Rafael: E você escutou o que os jornais estavam falando dele? Eu acho que ele está tramando algo contra o seu Reino.
Deus: Você tem razão Rafael, ele é um perigo para o nosso sistema. Diga a ele que foi expulso para sempre daqui do paraíso.
Rex: Mas Deus...
Deus: Não me questione, vá e diga isso para aquele anjo traíra.
BO
Miguel, Daniel e Gabriel estão em cena, eles conversam.
Miguel: É verdade o que estão dizendo por aí?
Gabriel: E o que estão dizendo por aí?
Daniel: É mentira, eu nunca tive relações com homens.
Miguel: Não é isso Daniel. Estão dizendo que Lúcifer...
Deus (Off): Não fale esse nome aqui!!!
Miguel: ...digo... estão dizendo que aquele anjo que foi expulso quer voltar ao céu, não é demais?
Gabriel: Não, Não é, ele acha que pode chamar meu pai, meu Senhor, meu salvador, salve salve, meu amo de repolho e ficar impune, não senhor, ele merece sofrer.
Daniel: Será que Deus ficaria feliz se nós prendêssemos ele?
Miguel: Vamos atacá-lo!
Gabriel: Mas ô Miguel você não tem espada.
Miguel: Eu não preciso, e nunca precisei.
Gabriel: Acho melhor pedir conselho a meu Pai, meu deus, meu senhor, meu salvador antes.
BO
Cena volta a Lúcifer, ele está ansioso esperando a chegada de Rex
Lúcifer: Será que deus aceitou minha carta? E se eu escrevi demais? E se eu escrevi de menos? E se ele não entender a minha letra? E se ele entender errado? E se eu coloquei purpurina de mais? E se ele...
Rex entra em cena
Rex: Más noticias senhor!
Lúcifer: Ele não gostou da purpurina?
Rex: Não ó grande lúcifer, eles não gostaram de sua carta, e disse que você nunca mais voltará ao reino do céu, e disseram ainda que não vão com a sua cara, e que você merece ficar aqui, eu tentei te defender com todos meus argumentos, e mesmo deus sendo quem ele é, eu convenci um pouco fazendo com que ele promovesse uma votação, mas panelinha você sabe como é, todos ficaram do lado dele, menos eu que...
Lúcifer: Quer dizer que meu deus não me aceita de volta?
Rex: Isso mesmo, e quando eu fui argumentar, veja bem, argumentar com deus...
Lúcifer interrompe Rex

Lúcifer: Rex!
Estala os dedos e o rex volta a sua forma original
Rex: Lúcifer amigo de Rex, Rex ama lucifer.
Lúcifer: Então eles pensam que vão expulsar o grande e poderoso Lúcifer, estão muito enganados...
Rex: Mas você já foi expulso a mais de 5000 anos atrás.
Lúcifer: Eu sei, mas eu tava tranquilo aqui, mas agora eles pegaram pesado demais. Vou inventar uma máquina super moderna que irá causar uma destruição no céu.
Rex: Vai criar uma bomba?
Lúcifer: Muito pior, irei criar a máquina do livre-arbítrio e quando estiver funcionando o céu inteiro terá o livre-arbítrio.
Rex: Livre o que?
Lúcifer: Rex! Para seu quarto, eu preciso criar.
Lúcifer tira do bolso uns palitos de dente, tira chiclete da boca e constrói a tal poderosa arma.
BO

Gabirel e Daniel conversando
Gabriel: E aí Daniel, como está indo esse trabalho de receber os mortos?
Daniel Está sendo legal, mas quem sabe fazer direito esse papel e o Pedro, pena que ele tirou férias de 30 dias.
Gabriel: Ele foi para onde?
Daniel: Sei lá, olha está vindo mais uma pessoa.
Entra em cena um morto chegando ao céu.
Daniel: Boa Morte! Você era o que na terra?
Morto: Eu era maconheiro!
Daniel: Maconheiro? (Procurando no livro de punições) Maconheiro, maconheiro, maconheiro, não tem maconheiro aqui! O que eu faço Gabriel?
Gabriel: Sei lá! O Pedro levou celular?
Daniel: Não sei, acho que não!
Gabriel: Vou tentar ligar para ele. Enquanto isso acho melhor você ir para a Terra e descobrir o que um maconheiro faz, para saber se ele pode entrar em nosso reino.
Gabriel sai de cena
Morto: Isso vai demorar muito?
Daniel: Calma meu senhor, eu vou e já volto.
Daniel sai de cena, e morto fica sozinho.
Morto: Pó ae! Mó viagem!!!!!!!
BO
Deus está sentado em seu trono, chega Gabriel.
Gabriel: Deus, meu deus, senhor santíssimo, por acaso, somente por acaso e nada mais, o Pedro não teria levado celular, meu senhor.
Deus: Até levou, mas a operadora não pega aonde ele está!
Gabriel: E aonde ele está? Deus meu deus, senhor glorificado!
Deus: Não sei.
Gabriel: Sabe senhor, meu deus, meu grandioso mentor, é que chegou um morto que diz ser maconheiro, e não temos esse registro no livro de punições e bênçãos, o senhor por acaso, e somente por acaso, não saberia o que é isso?
Deus: Olhe Gabriel, eu até sei, mas prefiro pular essa pergunta, aliás, me traga um cafezinho que estou com um sono!
Um flash repetitivo ilumina a cena. É a maquina de Lúcifer que está sendo l igada. O céu fica com livre arbítrio.
Gabriel: Eu não vou bosta nenhuma. Não sou secretária, nem estagiário e não fui criado para isso, você que se levante e pegue.
Deus: O que você disse!?
Gabriel: Isso mesmo que você ouviu, não sabe nem o que é um maconheiro, e finge que sabe de tudo! Eu estou cansado, muito cansado mesmo!
Deus: Mas o que está acontecendo aqui? Alguém pode me explicar?
Gabriel: Não. Não pode. Você sempre querendo explicações, levante sua bunda dessa cadeira e vai ver você mesmo, que saco!
Gabriel sai de cena. O flash mais uma vez se repete. Gabriel volta correndo.
Gabriel: Meu deus, meu senhor, salvador de tudo e todos, me perdoe, eu não sei o que aconteceu comigo, essas palavras não saíram de minha boca. eu te amo, meu senhor, meu salvador, eu estava possuído, me perdoe!
Deus: Tudo bem Gabriel, isso está me cheirando armação de Lúcifer.
Deus tem os mesmos espasmos.
Deus: Não fale esse nome aqui!
Entra em cena Miguel, Rafael e Maria correndo!
Maria: Senhor meu marido, uma catástrofe ocorreu!
Rafael: Eu tentei evitar, mas não deu. Ela ali toda...
Deus: Eu sei o que ocorreu Rafael!
Rafael: Sabe?
Deus: Sim, a raiva que tomou conta de vocês veio da Terra, e acho que é obra de você sabe quem!
Miguel: Não sei não!
Deus: Sabe sim, aquele anjo que foi expulso daqui.
Miguel: Anjo expulso? Não me recordo não!
Rafael: Aquele que era amante de nabos.
Miguel: Nabos..., ah o Lúcifer!
Deus sofre mais espasmos.
Deus: Não fale esse nome aqui!
Miguel: Qual senhor, Lúcifer!
Deus sofre mais espasmos.
Deus: Esse mesmo, estão proibidos de falaram esse nome.
Rafael: Mas então o que foi que ele fez?
Deus: Eu não sei ainda Rafael, mas quando souber...
Gabriel: Senhor, meu deus, salvador, salve salve, meu amo. Se quiser senhor, eu descubro isso para você, afinal não quero que se canse meu pai, meu salvador.
Deus: Melhor não Gabriel, deixe que eu mesmo descobrirei, é só entrar na Internet.
BO
Morto continua parado, Gabriel está conversando com ele, entra em cena Daniel, ele fica num canto do palco, pega o celular e liga para Gabriel.
Gabriel: Calma meu amigo, ele já deve estar voltando, e só aí poderemos dizer se você está punido ou não.
Morto: Valeu Sangue! Brigadão pela atenção. Mó irado!
O telefone toca
Gabriel: Um momento. Alô!
Daniel: Grande Gabriel (pronuncia em inglês, Gueibriel), se liga, fala pro cabeça aí, que o cara ta liberado.
Gabriel: Mas aonde você está?
Daniel: Viajando!!!!!!!
Daniel sai de cena.
Gabriel: É amigo, boas noticias!
BO
Deus está andando de um lado para o outro, Rafael o acompanha enquanto Miguel fica sentado no chão matutando.
Deus: Mas como será que fez isso?
Rafael: Já falei senhor, ela estava ali, gostosona...
Deus: Estou me referindo ao Boi.
Miguel observa os dois
Rafael: Boi? Que boi?
Deus: E nome que inventei para falar de você sabe quem!
Rafael: Bem inteligente senhor. (meio que debochando)
Deus: Eu sei disso. Miguel, agora que ouviste o novo nome dele, quero que espalhe pelo meu reino para que todos tenham conhecimento.
Miguel: Pode deixar, eu vou voando!!! (todo animadinho)
Miguel sai de cena
Deus olha para os lados, vê que está sozinho e recorre a Rafael
Deus: O que você acha Rafael?
Rafael: Eu acho que aquele beu...
Deus: É boi Rafael.
Rafael: Sim, como estava dizendo, aquele boi...
Os Flashes voltam mais uma vez.
Rafael: Boi...ola, eu acho que o Miguel é Boiola. Você percebeu o jeito que ele ficou te olhando?
Deus: Que isso Rafael? Do que está falando?
Rafael: Olha aqui, senhor inseguro, eu vou dar uma volta por aí, e aproveitar a espada que você me deu, afinal descobri a pouco para que ela servia.
Rafael sai de cena enquanto Maria entra.
Maria: Graaande senhor, estou na seca. (totalmente sensual)
Deus: O que?
Os flashes vêm de novo.
Maria: Senhor meu marido, o que fazes aqui? (despistando)
Maria: Deixa pra lá, eu vim aqui para saber se o senhor meu marido, já descobriu o que anda acontecendo por aqui. Acabei de ver lá fora, uma turma tirando a roupa, e dizendo que eram livres. Que horror, foi a visão da terra.
Deus: Livres? Será que o boi armou uma rebelião em meu sistema? Algum refém?
Maria: Hã?!
Miguel entra em cena correndo como uma flecha.
Miguel: Iúúúú (Todo animadinho). Pronto Deus, todos avisados que o nome daquele é agora Zebú.
Deus: Mas eu não falei isso, eu falei que era boi.
Miguel: Então, só que zebú é um boi muuuito maior.
Rafael entra em cena junto de Gabriel
Rafael: Senhor, descobri o que o beu fez!
Gabriel: Não era Zebú?
Deus: Não, é boi!
Miguel: Ai, não estou entendendo mais nada.
Gabriel: Desculpe meu salvador iluminado, erro meu somente meu.
Entra em cena Daniel vestido de Bob Marley (ele está normal fisicamente)
Daniel: Deus, era você mesmo que eu procurava! Fiquei sabendo que o Beu armou pra cima da gente!
Todos batem na coxa como quem está de saco cheio da mesma discussão.
Todos: Ah, mais um!
Deus: Vamos acabar logo com essa discussão. Maria, você que é imparcial, nos diga, qual o melhor nome para o dito cujo.
Todos aguardam apreensivos
Maria: Boi...
Deus Isso!
Maria: Eu não acabei.
Deus: Então anda logo com isso!
Maria: Boi e Zebú é quase a mesma coisa, então eu voto no Zebú.
Miguel: Isso aí amiga!
Maria: Deixa eu acabar!
Deus: Como mulher fala!
Maria: Mas como temos que ser justos, achei uma gracinha a idéia do Rafael, que é Beu.
Rafael: Yes!
Maria olha para Rafael, que aguarda a conclusão.
Maria: Então juntando os dois ficamos com Zebúbeu, mas há um perigo, se as pessoas começarem a pronunciar muito esse nome, estarão contribuindo para a extinção dos fonoaudiólogos.
Rafael: Isso existe?
Deus: Pare de enrolar, pelo amor de Deus.
Maria: Concluindo. Então acho que deve ficar Beuzebú.
Deus: Todos concordam?
Todos se olham e não dizem nada
Deus: Então que seja. Aprovado o novo nome!
Miguel: Ai, como ele é justo!!!!!
BO
Cena volta para Lúcifer, desta vez ele está maravilhado com seu plano, sabe que dessa vez irão aceitar a sua volta ao reino do céu, ele dança e canta. O REX entra em cena
Rex: Meu pai, telefone para você.
Entregando o telefone para Lúcifer, que coloca no ouvido.
Deus (Off): Alô! (igual locutor de rádio) Você acaba de ganhar um super pacote de viagem com direito a um acompanhante para o paraíso.
Lúcifer fica emocionado, jamais havia ganho algo.
Lúcifer: Nossa, obrigado! Eu sempre acreditei que um dia iria ganhar alguma coisa!!! É sério mesmo?
Deus entrando em cena
Deus: Não é brincadeira! (risos)
Sonoplastia “Deus é um cara gozador, adora brincadeira” corte.
Lúcifer dá um riso sem graça
Lúcifer: Deus, o senhor por aqui, quanta honra! Por favor, sente-se!!!
Deus: Mas não tem cadeira!
Lúcifer: Rex! Por favor?
Rex fica como banco para Deus sentar.
Deus: Obrigado.
Lúcifer: Está confortável?
Deus: Sim.
Lúcifer: Aceita um café, uma água, um nabo?
Deus: Não.
Lúcifer: Então, fazendo uma visitinha hein?!
Deus: Na verdade vim tirar uma satisfação.
Lúcifer: Não sabia que férias tinha outro nome?
Deus: Olha aqui Beuzebú, eu vou...
Lúcifer: Como é que é? Beu o que?
Deus: Zebú .
Lúcifer: Olha, você vem aqui no meu cafofo e ainda vem tirar sarro com a minha cara, eu sei que andei merecendo, mas convenhamos Deus, já faz maior tempão, e o culpado disso tudo foi o senhor.
Deus: Eu?
Lúcifer: Lógico, quem me mandou fazer com esse meu lado cômico? Aliás tenho uma nova, o maconheiro chegou no céu, e ...
Deus: Espera aí, não gostei dessa acusação.
Lúcifer: É fato. Pense comigo, você me fez certo? Sabia que estaria do seu lado, certo? Seu trabalho era muito estressante, certo? E você queria mais diversão, certo? Então está aí a explicação.
Deus fica catatônico, levanta e sai sem dizer uma palavra.
Rex continua ajoelhado
Lúcifer: Bem Rex, se não pode vencê-los, enrole-os.
B.O.
Deus esta no centro do palco com os outros anjos e seres de seu reino, trata-se de uma reunião extraordinária.
Deus: Povo de meu reino, estamos vivendo uma época não muito agradável, e isso nos incomoda bastante. Acredito que somos alvos de um ataque químico que foi enviado para nós pelo Belzebu.
Rafael: Quer dizer que aquele pó brilhante...
Deus: Sim Rafael, aquele pó brilhante daquela carta, provavelmente tinha substancias nocivas, talvez o Antrax.
Burburinho no céu.
Deus faz sinal para continuar.
Deus: Tenho provas de que aquele que não está mais entre nós, não só foi culpado como tem em seu poder armas de destruição em massa e químicas, e isso me leva a tomar uma atitude severa até ter todas as provas. Qualquer um de nós pode estar contaminado, por isso, declaro estado de quarentena em meu reino. Ninguém entra ou sai até descobrirmos que vírus é esse!
Burburinho total
Quando para o burburinho, apenas Miguel fala
Miguel: Ainda bem que não temos torres gêmeas!
Deus: Sim, ainda bem! Mas então anjos, movam-se! Se alguém tentar entrar em meu reino sem autorização, vocês tem permissão para o abate. Perguntas?
Daniel levantas as mãos
Deus: Sim Daniel?
Daniel: O que é quarentena?
Deus: Mais alguma pergunta?
Daniel levanta as mãos, mas Deus aguarda esperando outra pessoa levantar a mão, mas ninguém o faz.
Deus: Está bem Daniel pergunte?
Daniel: O que é abate?
Deus: Bem pessoal, mexam-se!
Quase todos os anjos saem correndo para a coxia, fica apenas Gabriel e Daniel
Gabriel: Daniel, e aí, nem tinha perguntado, mas o que um maconheiro faz?
Daniel: Bem, vou tentar ser o mais breve possível. A vida do ser humano, ou melhor, do bicho homem, pois o homem é um bicho, as vezes bom, as vezes mal, entende? A vida dele é misteriosa, do bicho homem, ele vive sem entender as coisas, mas...
Gabriel: E onde entra o maconheiro nessa historia?
Daniel: Então, o maconheiro, vem da teoria do bicho homem, que vive igual um bicho, e a idéia de conhecer a sua vida, porque a vida é muito doida, muito doida, do bicho homem, e aí...
Cena vai escurecendo e termina em BO
Estão em cena Deus, Maria, Rafael, estão terminando os projetos para defesa de seu reino
Maria: Senhor meu marido Deus, brilhante idéia de colocar todos os médicos na ativa para examinar seu povo, realmente muito nobre senhor.
Deus: É verdade, obrigado Rafael! Digo,..., por estar sempre ao meu lado, me apoiando...
Rafael: Sim claro. Mas Deus, não acha que está exagerando colocando os anjos para fazer tomografia, exame de sangue, de fezes, de urina.
Deus: É preciso Rafael, é preciso.
Rafael: Mas até exame de próstata?
Entra em cena Miguel
Miguel: Iupee!!!! (todo feliz)
Maria: Que alegria é essa Miguel?
Miguel: Gente eu estou limpo, sem nenhuma doença.
Deus: Você tem certeza?
Miguel: Lógico que sim, eu refiz os exames umas 2 vezes, menos o de próstata, pois era um estagiário e tudo deu negativo.
Rafael: Então não fez o de próstata!
Miguel: Pelo contrário, eu fiz foi umas 20 vezes até ter cerrrrteza.
Rafael: Depois diz que não é!
Deus: Mas vamos deixar de conversa fiada, quero saber como estão as investigações, Miguel?
Miguel fica cabisbaixo e faz sinal negativo com a cabeça
Deus: Maria?
Maria fica cabisbaixa e faz sinal negativo com a cabeça
Deus: Rafael?
Rafael fica cabisbaixo e faz sinal negativo com a cabeça
Deus: O que iremos fazer? Eu preciso de um milagre...
Entra em cena o Maconheiro.
Deus: Quem és tu que se aproximas de minha presença?
Morto: Tranqüilidade Deus, eu sou o maconheiro! Prazer em conhecer a pessoa mais poderosa do mundo, a verdade e a vida, e eu sempre...
Deus: Olha aqui meu amigo, essa não é uma boa hora para conversarmos, estamos resolvendo assuntos vitais para a continuidade de meu reino, por isso circulando.
Morto: Pô eu to ligado nessa parada, sabia que estava acontecendo esse bagulho aqui Deus, por isso eu mesmo investiguei o próprio Belzebu.
Rafael: Mas como você fez isso? Aonde achou dados dele, se nem mesmo nós anjos...
Morto: Pô brother, já ouviu falar no Orkut? É, ele está na lista do amigo do amigo do meu amigo.
Deus: Ótimo! É o que descobristes sobre o tal?
Morto: Pô Cabeça, a única coisa que diz lá, é que o cara se amarra numa virgem né!
Todos olham para Maria, menos Deus
Miguel: É isso chefinho!
Maria: Por que me olham assim?
Deus: Não, não e não, nem pensem nisso!
Rafael: Deus, ela será apenas a isca para pegarmos o cara.
Deus: Preciso consultar os outros anjos, mas onde diabos estão Daniel e Gabriel?
BO
Cena volta a Daniel e Gabriel, Daniel continua explicando o que um maconheiro faz
Daniel: Por isso, o bicho homem, em suas vidas agitadas, as vidas do bicho homem, pois o homem é um bicho, um dos mais perversos e bondosos ao mesmo tempo...
Gabriel revoltado
Gabriel: Mas onde entram a porcaria dos maconheiros na história?
Daniel: Então, o bicho homem, é um bicho certo? E para isso...
Entram em cena Rafael e Miguel procurando pelos dois
Miguel: Peguei! Eu vou contar tudo para Deus, vocês vão ver!
Rafael: Fica quieto Miguel! Daniel e Gabriel, Deus precisa falar com vocês agora mesmo!
Daniel: Pô, será que não dava para esperar um pouquinho, estou concluindo uma pergunta que me foi feita!
Deus entra em cena
Deus: Não Daniel, não dá!
Gabriel: Deus, meu pai celestial, que magnífica és tua presença entre nós! Está cansado meu Senhor, quer água, alguma coisa?
Deus: Não Gabriel, preciso ouvir a opinião de vocês, pois querem colocar a Maria de isca para capturar o Belzebu, eu acho muito arriscado e vocês?
Gabriel: Concordo Senhor Santíssimo e glorificado, tens razão!
Daniel: Também não acho uma boa idéia, e além do mais parece que os ataques pararam de acontecer, quem sabe esse maldito vírus, não tenha condições favoráveis para a vida aqui em seu reino.
Entra em cena o maconheiro gritando e já com uma espada na mão e roupa de anjo
Deus: Quem lhe deu estas roupas, meu Deus! E essa espada?
Morto: Esqueça isso Senhor, está ocorrendo uma revolução na Terra! As pessoas estão dando tiro umas nas outras!
Deus: Me conte uma novidade!
Morto: Mas é que estas pessoas não estão morrendo! Você precisa tirar o céu do estado de quarentena, senão...
Rafael: É verdade Deus, e além do mais os ataques terroristas pararam de ocorrer.
Deus: Mas por que será?
BO
Cena volta a Terra, Lúcifer está sentado jogando cartas num chapéu, parece entediado.
Lúcifer: Maldito planeta imperfeito! Nem mesmo a minha máquina, criada brilhantemente pela minha pessoa consegue funcionar sem superaquecer. Quem foi o maldito que criou a lei de Murphy?
Rex: Talvez o próprio Murphy!
Lúcifer: E quem é murphy?
Rex: Não sei!
Cena volta para o céu
Deus: Enfim... arrumem outro plano que não envolva Maria. Vocês tem, 5 horas.
Os Flashes aparecem mais uma vez
Rafael: 5 horas? Você quer que eu faça milagre?
Gabriel: Deixa de ser tonto, seu repolho verde, esse foi o melhor plano que tivemos, e você fica com ciúmes...
Miguel: Olha aqui, eu também sou virgem, poderia servir de isca...
Morto: Que boiolão aê!
Deus: Mas será possível! Vocês estão agindo estranhos de novo!
Morto: Ae Deus não dei nada para eles fumarem, eu juro!
Daniel: Pô Cabeça, relaxa um pouco! Falando nisso, cadê Maria?
Os Flashes se repetem
Deus: Vocês estão querendo destruir meu reino?
Gabriel: Deus meu Deus salvador de minhalma, iremos sempre te apoiar Deus, sempre, se dissemos algo...
Daniel: Quieto Gabriel, não ouviu nosso senhor, temos 5 horas!
Morto: É impressão minha, ou o barato acabou?
Maria entra em cena correndo
Maria: Senhor meu marido Deus, você precisa ver isso rápido!
Deus: O que foi Maria! Estou resolvendo um problema sério!
Maria: Venha logo Deus, venha ver o que está passando!
Deus: Como mulher é impaciente! Diga logo, desembucha!!
Maria: É que as pessoas da Terra, elas não estão morrendo!
Deus: Isso não é novidade.
Maria: Sim, mas elas estão disputando quem pula do prédio mais alto.
Deus: E daí?! (sem dar importância)
Maria: E daí que isso está dando muito ibope às emissoras de TV, que estão mostrando essas cenas horríveis a todos as pessoas, inclusive crianças.
Deus: E...
Maria: E agora eles estão programando fazer um reality show, uma emissora vai fazer o casa dos suicidas, e a outra o Big Morte Brasil.
Deus: O meu Deus, que horror!!! Todos rápidos, vocês tem menos de 4 horas.
Morto: Pô Deus, 4 horas? O pessoal não vai agüentar esperar isso tudo não. (Se referindo a platéia)
Deus: Mexam-se!
BO
Cena está no lar de Lúcifer, ele está triste
Rex: Meu pai, porque está triste?
Lúcifer: Não sou seu pai coisa nenhuma. E estou triste, pois Deus não me aceita de volta em seu reino.
Rex: Mas seu plano está dando muito certo, logo logo...
Lúcifer: Logo logo o que? É certo que quando descobrirem o que ando fazendo, vão me exterminar. Estou arrependido!
Rex: Mas seu plano é brilhante.
Lúcifer: Vocês humanos...acreditam mesmo que vingança compensa?
Entra em cena Morto
Morto: O que nunca compensava eram meus cheques.
Lúcifer: Hã?
Morto: Você é o Sr. Lúcifer Satã de Souza?
Lúcifer: Sim, mas...
Morto: Mas não! Bom dia! Vim a mando de Deus.
Lúcifer: Droga! Eu sabia que ele ia descobrir.
Morto: E descobriu, depois de meses ele chegou a conclusão de que você já foi devidamente punido pelos seus erros, e merece retornar ao céu.
Lúcifer: Isso é piada? Quem é você?
Morto: Eu sou o novo anjo, meu nome é Ervael.
Lúcifer: Quer dizer que Deus agora está aceitando qualquer um para o cargo de anjo. Antigamente tinha que ser pelo menos bonito, mas já vi que os valores mudaram, pois você um anjo? Era o que...
Morto: Você vai retornar ou não?
Lúcifer: Quando partimos?
BO
Cena volta ao céu, Deus está sentado em sua cadeira, ao seu lado, Rafael e Gabriel. Daniel entra em cena.
Daniel: Ainda bem que você tirou nosso reino em estado de quarentena, já era hora.
Deus: Mas eu não tirei, o que eu disse continua valendo.
Daniel: Ops!
Deus: Como assim, ops! Daniel, o que você fez?
Daniel: Eu não fiz nada, é que me passaram informações erradas, disseram que não havia mais quarentena e por isso eu estava dispensado de meu posto de guardar a entrada de seu reino.
Rafael: Quem foi o imbecil?
Daniel: Foi o Ervael.
Gabriel: Quem?
Daniel: Ervael, o novo anjo de nosso reino.
Deus: Mas que novo anjo!!! Aquele maconheiro sem vergonha...Aonde ele está?
Daniel: Parece que foi à Terra resolver uns probleminhas.
Deus: Mas como você deixou um morto retornar para a Terra?
Daniel: Ele disse que era um anjo.
Deus: Oh meu Deus, oh MEU Deus!!! E agora?
Morto entra em cena vestido de anjo, sozinho.
Morto: Quem poderá nos ajudar!
Deus: Seu morto filho de Sandivas.
Rafael: Hã?!
Morto: Morto não, me chamo Ervael, seu novo servo.
Gabriel: Mas você acha que assim que se torna um anjo? Não senhor! Meu pai, onipotente e onipresente, os cria especialmente para tais, pois ele é grandioso, glorificado,...
Deus: Você será punido!
Morto: Mas uma voz me deu essa função...
Deus: Que voz?!
Morto: Uma voz suave e firme, me disse que eu era o escolhido para acabar com o plano de Lúcifer...
Gabriel: Mas...Como?
Morto: Ela me explicou o que fazer, me deu conselhos e me denominou Ervael, o anjo da paz.
Burburinho de espanto
Deus: Será que foi mamãe? E qual é o plano?
Morto: Eu precisava ir até Lúcifer e convidá-lo para retornar ao seu reino, pois só assim, com ele bem próximo de nós, é que poderíamos observá-lo, e conseguir provas para condená-lo.
Burburinho no céu
Deus: Mas como saberemos onde ele está...Ele pode ter fugido para as ilhas napoleônicas, ou as montanhas sagradas de Hipanowapa, ou ainda...
Morto: Senhor, ele está repousando neste momento, levei-o até seus aposentos.
Daniel: Ele está aqui?!
Deus repete
Deus: Ele está aqui?!
Morto: Senhor, entenda que fiz isso não apenas por essa voz ter me dito para fazer, mas é que ela sabia tudo de você, falou que quando era criança, você tinha uma criação de galinhas, e uma vez ela escutou uns sussurros vindo do banheiro, e ao entrar lá viu você com uma galinha,.fazendo...
Deus: Brilhante plano!!! Anjos, movam-se, quem descobrir o que ele tramou contra nosso reino ganhará férias! Perguntas?
Daniel levanta as mãos
Deus: Sim Daniel?
Daniel: O que são férias?
Deus: Mas alguma pergunta?
Daniel fica com as mãos levantadas para falar
Deus: Está bem Daniel, pergunte...?
Daniel: Você tem mãe?
Deus: Isso não é da sua conta, agora todos mexam-se!
Todos saem de cena